EaD – Alunos

Como vai ser o Ensino à Distância (EaD) para os alunos que fiquem temporariamente em casa (isolamento)

ESTOU EM CASA E AGORA?

 Como aluno, o teu trabalho será, sobretudo, em autonomia e assíncrono (acompanhado pelo teu professor à distância a horas diferentes das aulas presenciais), pois é possível que os professores estejam a dar aulas aos outros alunos da tua turma e a cumprir o seu horário. Por outro lado, não há equipamentos suficientes ou qualidade de rede no AERBP que garantam aulas síncronas na escola, estilo “videoaulas” em direto.

COMO DEVO ORGANIZAR-ME

Estando em casa, é importante manter uma rotina escolar normal e não acumular trabalho.

Eis o que deves fazer:

  1. Usa o teu email e deixa as notificações do Classroom ativas durante o dia para não perderes informação.
  2. Consulta o Inovar diariamente para sumários, presenças, adendas ou anexos ao sumário e calendarização de testes presenciais ou outras atividades.
  3. Usa o Classroom e acompanha as aulas de cada disciplina por lá, realizando todas as atividades propostas.
  4. Tira dúvidas através do Classroom, antes de entregar ou submeter um trabalho.
  5. Aguarda pelos comentários ou feedback do professor, tendo em conta que a partir das 18h30 ou aos fins de semana esse feedback, provavelmente, não será dado.
  6. Cumpre os prazos de entrega. Se precisares mais tempo, diz ao professor com antecedência, e explica porquê.
  7. Consulta o Calendário Google para saberes se tens videoconferências marcadas.

VAI HAVER VIDEOCONFERÊNCIAS?

O período de quarentena é curto. Por isso, poderá não haver videoconferências ou não haver para todas as disciplinas ou serem a horas diferentes da tua aula habitual. Mas, se te forem marcadas sessões online por videoconferência, é importante cumprir as orientações que se seguem.

DURANTE AS VIDEOCONFERÊNCIAS

As videoconferências (por Meet, Zoom ou outra ferramenta do género) são cruciais para tirar dúvidas, apresentar trabalhos, trabalhar com colegas e ter uma explicação em tempo real por parte do teu professor.

As videoconferências são fundamentais para comunicar verbalmente (e sem máscara!).

Mas a comunicação não verbal também é muito importante. Ver o teu rosto é muito importante para se perceber se estás ou não a acompanhar as coisas, e até para a tua avaliação nessa sessão síncrona. Por isso, é importante que estejas de câmara ligada. Sobretudo, se o professor te pedir isso durante as videoconferências.

Resumindo, nas videoconferências:

  • está presente a horas;
  • mantém o microfone desligado quando não estás a falar, mas a cara visível (podes ocultar o teu espaço com um fundo de ecrã no Meet, por exemplo);
  • pede a vez para falar de dedo no ar ou no chat e não interrompas os outros;
  • mantém-te atento, ativo e participativo.

E SE O MEU PROFESSOR ESTIVER EM ISOLAMENTO?

Se o professor estiver em isolamento e os alunos na escola, a rotina escolar cumpre-se normalmente.

Mas a permanência em sala sem haver professor poderá não ser possível. Neste caso, os alunos poderão consultar (no seu telemóvel) as atividades e realizar os trabalhos propostos à hora da aula (do professor em isolamento) ou noutra hora após o seu horário escolar. Se estiverem na escola, poderão estudar e trabalhar em pequeno grupo nos espaços livres existentes (Biblioteca, mesas no espaço exterior disponíveis, cantina, se disponível), mantendo o distanciamento e as regras de segurança.

Os alunos que estejam em casa, em isolamento, devem realizar as atividades que tenham sido propostas via Inovar ou Classroom.

EM ISOLAMENTO, MAS LIGADO E SAUDÁVEL

Acabar o dia de escola é tão importante como manter uma rotina de trabalho: consultar o que há para fazer, responder via Classroom ao que for preciso, entregar trabalhos e estudar.

Por isso, quando acabares as atividades letivas, faz outras coisas (exercício em físico em casa, descontrair, meditar, relaxar…).

Mantém-te saudável, alimenta-te bem e dorme o necessário. E, claro, continua ligado aos amigos, aos colegas e aos professores.

Para mais informações, consulta também as outras páginas do site sobre EaD.