Erasmus/Escola

INTENÇÕES

O Clube Erasmus/Escola do AERBP tem como principal objetivo o conhecimento da Europa através da implementação de projetos do Programa Erasmus+ da União Europeia (UE). Assim sendo, cada projeto internacional do AERBP Erasmus+ identifica-se com o objetivo geral deste programa europeu: “Utilizar a experiência do passado, perspetivar o Futuro.”

Projetos Internacionais Erasmus+

Os projetos internacionais Erasmus+ são projetos financiados pela UE e pelo Ministério da Educação Portuguesa, aprovados pela Agência Internacional e pela Agência Nacional dos Programas de Aprendizagem ao Longo da Vida (PROALV). Estes projetos desenvolvem-se em Parcerias Estratégicas entre Escolas ou entidades públicas (um mínimo de três), oriundas de países da UE ou de países aprovados pela UE. Os projetos internacionais Erasmus+ KA2 (Key Action) visam a “Cooperação para a Inovação e Partilha de Boas Práticas” e, no caso do AERBP, envolvem alunos e professores de 3ºciclo e do Ensino Secundário (Regular e Profissional).

Responsáveis

1 – Responsável Financeiro: O responsável financeiro é a Diretora do AERBP, que assina as candidaturas dos projetos como representante da instituição e todos os documentos inerentes a cada projeto Erasmus+ do Clube Erasmus/Escola.

2 – Responsável Pedagógico/Coordenador Geral: O responsável pedagógico ou coordenador geral é o professor nomeado pela Diretora, que desenvolve os contactos com os parceiros de todos os projetos Erasmus+ KA2, participa na execução desses projetos e figura na candidatura como a pessoa de contacto.

Neste caso, o professor Luis Militão Gomes, Professor de Artes Visuais.

Existe uma subcoordenador, a professora Rosa Venâncio que se responsabiliza pela implementação do clube na escola de STª Catarina.

OBJETIVOS

Cada projeto Erasmus+ KA2 do AERBP procura levar os alunos envolvidos a desenvolver competências: a) de autonomia; b) de diálogo; c) de troca de informações, d) de capacidade de resolução de problemas; e) de espírito de cooperação e de entreajuda; f) de intervenção na comunidade interna, externa e internacional; g) sociais, culturais, linguísticas e interculturais; h) motivacionais. Estas competências são estimuladas e ativadas durante a participação dos alunos em workshops semanais ou em grupos de trabalho com os professores do Clube Erasmus/Escola. Cada workshop (ou grupo de trabalho) analisa, cria e desenvolve todas as atividades e tarefas necessárias para cada projeto Erasmus+, em função das orientações do país que coordena esse projeto.

DESTINATÁRIOS

Alunos e professores de 3ºciclo e do Ensino Secundário (Regular e Profissional).

Os alunos são selecionados de acordo com as diretrizes da Agência Nacional PROALV – Erasmus KA2 e as especificidades de cada projeto, mediante:

1 – inscrição no clube Erasmus/Escola;

2 – resposta a um inquérito que defina o perfil do candidato;

3 –  modelo de seleção alternativo aos pontos 1 e 2,  sempre que algum projeto o exija.

Aos alunos são ainda aplicados os seguintes critérios de seleção:

a) objetivos do projeto;

b) planificação e organização do projeto;

c) recursos necessários ao projeto;

d) formas de desenvolvimento do projeto;

e) domínio escrito ou oral do idioma de trabalho, sendo que os alunos poderão não ser fluentes ou proficientes ou alunos de excelência;

f) aspeto visual geral preconizado pelo projeto e grau de inovação e criatividade.

 

Participação ativa dos alunos nos projetos Erasmus+ do Clube Erasmus/Escola:

1 – Uma vez selecionados, os alunos devem participar ativamente nos workshops/grupos de trabalho semanais para os projetos em curso.

2 – Os alunos não poderão participar em atividades internacionais (mobilidades) em dois anos letivos consecutivos, exceto se houver número insuficiente de alunos selecionados, para garantir a rotatividade de todos os alunos.

3 – As deslocações ao estrangeiro de alunos participantes nos projetos Erasmus+ do Erasmus/Escola têm ainda em conta os seguintes critérios:

a) autorização do respetivo encarregado de educação/tutor;

b) assiduidade nos workshops;

c) proatividade e comportamento;

d) regularidade e qualidade do trabalho desenvolvido nos workshops Erasmus+ ao longo do ano letivo;

e) disponibilidade para trabalhar em grupo (dentro e fora de cada workshop), antes, durante e após cada mobilidade (deslocação ao estrangeiro) ou cada atividade internacional desenvolvida na respetiva escola ou agrupamento (meeting).

Direitos e obrigações do aluno

1 – O aluno tem o direito de participar nas atividades sem qualquer encargo financeiro.

2 – O aluno é obrigado a participar nas atividades do projeto em que se inscreva.

3 – O aluno é obrigado a preencher questionários prévios, a marcar a sua presença em todas as sessões semanais em documento próprio, e a preencher questionários ou formulários de avaliação desenvolvidos pela equipa do projeto, para efeitos de aferição e monitorização dos trabalhos. 4- Além da monitorização interna referida no ponto anterior, os alunos estão obrigados ao preenchimento de todos os instrumentos de aferição e feedback internacionais solicitados pelos coordenadores gerais de cada projeto.

ATIVIDADES

O clube desenvolve-se através de 5 workshops.

1º Workshop – Log in Nature

2º Workshop – Arte para todos

3º Workshop – Arquitetura, presente e passado

4º Workshop – NOE

5º workshop – Disseminação

Os workshops nº1, 2º, 3º e 5º funcionam as 4ª feiras das 16.30 ás 18.20

O workshop nº 5 funciona às 5ª feiras às mesmas horas.

RESPONSÁVEIS

A equipa de trabalho é formada por todos os docentes convidados a participar no Clube Erasmus/Escola para desenvolver todas as atividades necessárias às parcerias de cada projeto Erasmus+, e que aceitem explicitamente essa colaboração, em função das linhas orientadoras dos referidos projetos. Cada professor participante no Erasmus/Escola é convidado pelo coordenador geral mediante consulta à Direção.

A equipa de trabalho reúne semanalmente com o coordenador geral dos projetos, através de workshops/grupos de trabalho, onde são desenvolvidas todas as atividades inerentes aos projetos com os alunos envolvidos. A equipa de trabalho é flexível e multifuncional, não limitando a sua intervenção a workshops ou grupos de trabalho e podendo também organizar-se de outras formas, desde que com o aval do coordenador pedagógico ou por solicitação do mesmo, e em consonância com o(s) projeto(s) Erasmus+ em curso.

A equipa de trabalho é responsável:

a) pela divulgação dos projetos em curso, tal como preconizado pelos próprios projetos;

b) pela produção de artefactos e conteúdos com os alunos do Clube Erasmus/Escola;

c) pelas traduções dos respetivos conteúdos;

d) pelo site (internacional) de cada projeto;

e) pelo aspeto visual dos trabalhos a desenvolver e a apresentar em cada mobilidade e/ou meeting;

f) e por tudo o que corresponde à disseminação de cada projeto nas plataformas e formatos solicitados pelo país coordenador de cada projeto Erasmus+.

 

Constituição

Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro:

Professor Luis Militão, Coordenador Geral

Professora Alexandra Ferreira, História;

Professora Cecília Correia, Artes Visuais

Professora Ana Veloso, Artes Visuais;

Professora Estela André, Educação Física;

Professora Filipa Silva, Geografia;

Professora Monica Santos, PNA e Artes Visuais;

Professora Matilde Vieira, Informática;

Professora Isabel Miranda, Inglês;

Professora Rute Carvalho, História;

Professora Margarida Marques, Ensino Especial;

Professora Helena Maia, Ensino Especial;

Professor Daniel Gama, Professor estagiário de Artes Visuais;

Professora Celeste Tornada, Artes Visuais.

 

STª CATARINA:

Professora Rosa Venâncio, Sub coordenadora;

PDF – Regimento dos Projetos Internacionais Erasmus+ KA2

 

A CUP OF CREATIVITY